Archive for the ‘Ba(tu)que’ Category

Garanta sua passagem para Marte só de ida!

leave a comment »

DSC_0234Ruca finalizou seu primeiro álbum solo e parte para uma sequência de shows de divulgação que dá força à sua guitarra e voz, numa lavada otimista e letras em português.

A itajaiense Ruca abriu mão da brasilidade do seu trabalho anterior para retomar às origens no rock’n’roll. E lançou na segunda-feira, 10, o álbum Marte para streaming e download grátis em seu site [ www.rucasouza.com ]. O lançamento figura entre os top 10 mais esperados do ano em Santa Catarina. Além do lançamento virtual, o álbum será distribuído pela Tratore em lojas físicas e para download no Itunes.

O show de lançamento de Marte será em Itajaí no dia 15 de novembro, no prestigiado festival Válvula Rock, que recebe atrações musicais e exposições no Soul Beach, um dos recantos da Praia Brava. Ruca também passa com a sua banda por Balneário Camboriú/SC, dia 06/12, no Green Pub, para lançamento do disco num show em parceria com a banda Ninguém Sabe e 11/12 no Festival Anjos Noel, festival beneficente que acontece todo ano no Big Pub, em Itajaí/SC.

MARTE
Teve produção musical de Alexandre Siquera, gravado no estúdio Play Records com financiamento da Unimed Litoral, por meio da Lei de Incentivo à Cultura 2014 de Itajaí – SC. Carro chefe do álbum, a música Marte, teve seu clipe realizado em parceria com a Tac Filmes e conquistou os fãs na internet, lançado com exclusividade no canal Tenho Mais Discos que Amigos. O álbum conta com 8 canções, que vão do rock com mais peso à balada psicodélica.

RUCA SOUZA
Ruca começou a estudar música aos 12 anos, quando experimentou algumas composições. Fez aulas de violão por curtos períodos até que se dedicou sozinha ao aprendizado do universo musical. Sua formação autodidata dá esta identidade especial ao trabalho de voz e guitarra, apreendidos com o passar dos anos. Com 17 anos começou a tocar em bares com a banda de folk-punk Himen; De 2009 a 2013 liderou a banda Café Brasilis que lançou três EPs, um CD com turnê pelo sul e sudeste, um clipe e um documentário. Foi na Café Brasilis que profissionalizou seu trabalho e projeta sua carreira solo com Marte.

SHOW DE LANÇAMENTO
RUCA E BANDA | ÁLBUM MARTE
FESTIVAL VÁLVULA ROCK
SOUL BEACH (RUA JOSÉ MEDEIROS VIEIRA)
A PARTIR DAS 16H
ENTRADA: UM BRINQUEDO

Written by Luise Tietjen

novembro 12, 2014 at 2:22 PM

Publicado em Ba(tu)que

Ruca investe no puro rock and roll em novo single

leave a comment »

000060Ruca continua sensível e preciosista em suas suas canções, porém abriu mão do toque de brasilidade do seu trabalho anterior para retomar às origens no rock’n’roll. Por essas e outras que Marte, o álbum, está entre o top 10 lançamentos mais esperados do ano em Santa Catarina pela crítica e pelo público da cultura independente no estado.

Com exclusividade do canal Tenho Mais Discos que Amigos, a cantora lança nesta quinta-feira, dia 11, o clipe do single que dá nome ao álbum. Marte é um convite à liberdade para jovens e adultos amantes do puro rock com uma levada otimista e letras em português. Confira!

“MARTE”, O CLIPE
Uma realização em parceria com a Tac Filmes (www.tac.art.br), o clipe foi dirigido por Diego Lara, um dos grandes nomes da cena audiovisual catarinense. Ao seu lado o experiente fotógrafo Flávio Oliveira deu o tom e as cores à festa rock da cantora.

LANÇAMENTO DO ÁLBUM
Em Santa Catarina o show de lançamento do álbum Marte está previsto para 9 de outubro, no Greenwich Pub, um típico ponto de encontro em Itajaí, norte do estado. Na mesma semana será liberado para download pelo selo Válvula Rock .

A cantora planeja fazer uma sequência de shows em São Paulo em meados de novembro, para isso conta com o apoio de produtores que embarquem na viagem ao planeta vermelho.
Marte teve produção musical de Alexandre Siquera, gravado no Play Records com financiamento da Unimed Litoral, por meio da Lei de Incentivo à Cultura 2014 de Itajaí – SC.

RUCA SOUZA
Ruca começou a estudar música aos 12 anos, quando experimentou algumas composições. Fez aulas de violão por curtos períodos até que se dedicou sozinha ao aprendizado do universo musical. Sua formação autodidata dá esta identidade especial ao trabalho de voz e guitarra, apreendidos com o passar dos anos. Com 17 anos começou a tocar em bares com a banda de folk-punk Himen; De 2009 a 2013 liderou a banda Café Brasilis que lançou dois EPs, um CD, um clipe e um documentário. Foi na Café Brasilis que profissionalizou seu trabalho e projeta sua carreira solo com Marte.

Written by Luise Tietjen

setembro 11, 2014 at 1:02 PM

Ordem na casa!

leave a comment »

O tapetinho e as almofadas são novas, mas a casa ainda está passando por uma transformação. A Ba(tu)que voltou à ativa nas terras paulistanas em parceria com produções nacionais da cantora Clawdia Ejara, projetos do D-Efeitos como a estreia do espetáculo ‘D-Versos’ e atendeu, com grande prazer, o o festival internacional Hors Pistes São Paulo. Este ano continuo meu batuque solitário nas teclas e na porta de muita gente que merece ver trabalhos tão bem elaborados! Sejam bem (re)vindos.

Câmbio, L.

 

Written by Luise Tietjen

junho 24, 2014 at 1:36 PM

Publicado em Ba(tu)que

MIS recebe festival internacional Hors Pistes São Paulo em Novembro

leave a comment »

Deep Inside – Camille Henrot

Em parceria com o Centre Pompidou, de Paris, e com apoio do Consulado Geral da França, a mostra de cinema acontece entre os dias 15 e 17 e é gratuita. Na edição brasileira, os artistas Karina BuhrAlessandra DominguesGuizado apresentam uma performance exclusiva para receber o público. Completa a programação uma edição especial do projeto Dança no MIS

 O MIS, instituição da Secretaria de Estado da Cultura, em parceria com o Centre Pompidou, de Paris, recebe, pelo segundo ano consecutivo, o festival Hors Pistes São Paulo. O evento, marcado de 15 a 17 de novembro, explora as novas práticas da imagem em movimento na criação audiovisual contemporânea e tem curadoria de Marie Hippenmeyer.

Hors Pistes São Paulo reúne filmes que fogem das linguagens convencionais do cinema e embaralham as fronteiras entre os diferentes gêneros: os limites entre ficção, documentário, filme de arte e ensaio, por exemplo, não estão estabelecidos. Cada sessão apresenta um ou mais diretores empenhados em desafiar as estruturas narrativas tradicionais com novos formatos de imagem.

Entre as 32 produções internacionais – 22 curta-metragens, 9 média-metragens e um longa-metragem – estão na mostra Leviathan, dos antropólogos e cineastas Véréna Paravel e Lucien Castaing-Taylor (EUA, 2012) e Il Capo, do diretor Yuri Ancarani (Itália, 2011), ambos premiados em grandes festivais do gênero; e oito filmes inéditos no Brasil de Camille Henrot, vencedora do Leão de Prata da Bienal de Arte de Veneza 2013. A programação completa pode ser vista no site [http://www.horspistes-sp.com/].

O evento celebra sua abertura, dia 15, às 19h, com uma performance de Karina Buhr (cantora e compositora), Alessandra Domingues (artista visual e light designer) e Guizado (músico). Esta intervenção, inédita e criada especialmente para o Hors Pistes São Paulo, marca a estreia dos três artistas como grupo performático. Entre os convidados, está confirmada a presença de Sylvie Pras, Responsável dos Cinemas do Centre Pompidou e diretora artística do Festival de laRochelle, na França.
Dança no MIS – Especial
Como a vocação do Hors Pistes é criar pontes entre diversas disciplinas relacionadas às imagens em movimento, em novembro, o programa Dança no MIS será realizado durante a programação do evento, no dia 16, às 19h. A coreógrafa Andreia Guilhermina apresenta “Estio”, no foyer do auditório LABMIS, onde serão projetados os filmes do festival. O projeto Dança no MIS tem curadoria de Natalia Mallo e une performance a audiovisual, com trabalhos site-specific. O foco da programação é levar ao público apresentaçõesde artistas que transitam por diferentes linguagens interferindo no espaço público.

 

Sobre Hors Pistes
Hors Pistes é um festival organizado desde 2006 no Centre Pompidou, Paris (França). Criado para explorar as tendências mais inovadoras e a vanguarda da criação interdisciplinar, o evento reúne imagens em movimento através de projeções, performances ao vivo, instalações e oficinas de criação. Istambul (Turquia), Londres (Reino Unido), Vilnius (Lituânia), Reiquejavique (Islândia) e Tóquio (Japão) são algumas das cidades que Hors Pistes já percorreu – com uma proposta colaborativa, misturando a programação do festival com produções da cena artística local.


Sobre o Centre Pompidou
O Centre Pompidou, Paris, possui uma das mais importantes coleções de arte moderna e contemporânea do mundo. Desde a sua criação, em 2006, Hors Pistes se tornou um dos destaques da programação do museu. A variedade dos filmes selecionados é um espelho da singularidade dos Cinemas do Centre Pompidou.

 

Serviço:
FESTIVAL HORS PISTES SÃO PAULO 2013
DATA 15.11 a 17.11
LOCAL Auditório LABMIS (64 lugares)
INGRESSO gratuito (retirada com uma hora de antecedência da Recepção MIS)
PROGRAMAÇÃO [http://www.horspistes-sp.com/].

 

Written by Luise Tietjen

novembro 10, 2013 at 1:59 PM

Publicado em Ba(tu)que

Clawdia Ejara lança CD e clipe no ‘DiQuinta’ em São Paulo

leave a comment »

Os fãs e amigos da cantora Clawdia Ejara já podem anotar na agenda: o show de lançamento do álbum ‘Amanhecer’ está marcado para o dia 9 de maio, no tradicional DiQuinta, zona oeste de São Paulo. Cinco meses depois do pré-lançamento no iTunes e vendas em lojas físicas da cidade, chegou a hora de vê-la em ação com o setlist dançante do seu primeiro CD, produzido com o requinte dos grandes artistas do R&B mundial.

Quem for ao DiQuinta vai curtir 45 minutos de show com influências soul, pop, hip hop e reagge. A maior aposta da Meccanismo, gravadora de ‘Amanhecer’, é a levada pop do álbum, para promover o R&B em português nos mesmos parâmetros da tendência mundial da black music. “A voz e os beats do álbum têm esse potencial para um mercado diversificado e renovado do gênero, acessível para todo bom apreciador de música, assim como o rock e o rap conquistaram seu espaço”, reforça o produtor Joeblack, responsável por 7 faixas e a direção vocal do trabalho.

Além da performance da cantora ao lado do DJ e dos backing vocals, a noite será de exibição do clipe “Eu vou invadir”, hit produzido por Legend Da Beatslaya que caiu no gosto de dançarinos ao redor do mundo.

A casa, com capacidade para 400 pessoas, recebe na mesma noite os DJs convidados Rodrigo Ribeiro, Luaa Gabanini, Guigo e Lucas Tavares. Entrada a 20 reais (inteira) e 10 reais (lista e estudantes), a partir das 21horas. O show está previsto para 00h.

Serviço
Lançamento ‘Amanhecer’, Clawdia Ejara
9 de maio | Quinta-feira
Di Quinta (Rua Baumann, 1435 – Vila Leopoldina – SP)
Abertura às 21 horas | Show à 00h.
Entrada 20 reais / 10 (estudantes e lista)
Djs convidados: Rodrigo Ribeiro, Luaa Gabanini, Guigo e Lucas Tavares.
Venda de CDs no local.

Written by Luise Tietjen

abril 15, 2013 at 3:24 PM

Clawdia Ejara lança hit sucesso mundial entre dançarinos

leave a comment »

 ‘Eu vou invadir’ da brasileira Clawdia Ejara caiu no gosto de dançarinos profissionais e amadores de todo o mundo. Produzido por Legend Da Beatslaya e lançado em dezembro no CD promo da cantora, o hit é sucesso em países como Taiwan, Japão, China, Coreia do Sul, Vietnã, Malásia, Rússia, França, Ucrânia e Estados Unidos.

Clique aqui e confira a playlist com os vídeos de “Eu vou invadir”.

Mais de cinquenta vídeos de showcases e batalhas de dança circulam pela internet ao som de ‘Eu vou invadir’. O sucesso é motivo de orgulho para Clawdia, que desde jovem está inserida no meio das danças urbanas. “Fiquei emocionada porque achei que a dança já havia me dado tudo que precisei. Para minha surpresa, os dançarinos vieram com mais este presente em um momento importante da carreira”, destaca a cantora que trabalhou como fotógrafa e produtora na área ao lado do marido.

Entre os dançarinos dos vídeos destaca-se o americano Sweepy, da Rock Steady Crew, que já fez participações em clipes de Missy Eliot e Wiclef Jean. As participações dos poppers japoneses Kite e Gucchon e do francês Franquey no ‘Funk Zilla Game Popping Battle’, em Taiwan, também chamam atenção.

Imagem

‘Eu vou invadir’ é faixa do álbum ‘Amanhecer’, já à venda em lojas físicas e na internet. A gravadora Meccanismo anunciou a festa de lançamento para março, junto com o clipe produzido com a participação de setenta dançarinos em uma locação de São Paulo.

Written by Luise Tietjen

fevereiro 25, 2013 at 11:10 PM

Adeus ano velho (…)

leave a comment »

A Ba(tu)que Comunicação deseja para todos os parceiros, amigos e clientes um Feliz 2011!

Obrigada pela confiança e continuem ligados – nosso recesso é por uma boa causa :)

Written by Luise Tietjen

dezembro 29, 2010 at 9:56 PM

Publicado em Ba(tu)que