Posts Tagged ‘GDU

Grupo de Dança Univali participa do Prêmio Desterro em Florianópolis

leave a comment »

Encontro reúne grupos do sul do país na disputa por prêmios que somam 17 mil reais

Jazz Avançado - GDU

O Grupo de Dança Univali (GDU) participa neste final de semana da primeira edição do Prêmio Desterro, Festival de Dança de Florianópolis. Três coreografias dos acadêmicos-bailarinos da Univali foram selecionadas para integrar a programação dos espetáculos nas noites de sábado (21) e domingo (22), marcadas para às 19horas, no Teatro Governador Pedro Ivo, anexo ao Centro Administrativo de Governo na capital catarinense.

No sábado o GDU apresenta os trabalhos de criação em Dança Contemporânea e Jazz, ambos na categoria adulto – “O que se espera” e “Narciso acha feio o que não é espelho”,  respectivamente. Já no domingo é a vez do trio da Jazz “Antonietas” competir entre os grupos vindos do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Para o GDU, chamou atenção a qualidade técnica das coreografias inscritas e a comissão técnica do júri, formada por competentes profissionais em dança do cenário nacional “preparados para avaliar bem as criações e proporcionar intercâmbio das linguagens desta arte”, comentou Leandro Ávila, há quatro anos na trupe.

Os grupos classificados em primeiro lugar de cada gênero receberão uma premiação em dinheiro no valor de mil reais. Já o grupo eleito pela comissão do júri como melhor grupo do Festival, será premiado com dez mil reais. Todos levam para casa certificados e troféus – além de ter cumprido um importante papel na promoção cultural da dança como expressão artística e de entretenimento da região.

D-Efeitos abre o Festival com pocket show

A primeira noite de Prêmio Desterro foi especial para os apreciadores da dança – e não importa se o bailarino sobe ao palco de sapatilha ou tênis! O trio bicampeão do Festival de Dança de Joinville, D-Efeitos, abriu a noite de espetáculos com o pocket show “Primeiro Ato”,  resultado dos estudos em danças urbanas, inspirado no curioso gênero musical Glitch Hop. Os convidados apresentaram-se nesta sexta-feira (20) para um público atento e inspirado, que prestigiou a movimentação artística em Florianópolis.

Mais informações: www.premiodesterro.com.br

Anúncios

Written by Luise Tietjen

agosto 20, 2010 at 10:45 PM

Grupo de Dança Univali apresenta-se de hoje até domingo no Teatro Municipal de Itajaí

leave a comment »

GDU leva 5 coreografias para o Festival Mery Rosa

O Grupo de Dança Univali participa hoje (9) da abertura do 20º Festival de Dança Mery Rosa e segue com apresentações até domingo, nas modalidades de dança contemporânea e jazz avançado. Todos os anos a trupe participa do evento e mostra com entusiasmo para o público de Itajaí a prévia de trabalhos que estão circulando por festivais do país. Além de trabalhos inéditos, o GDU leva ao palco a coreografia de jazz recém-premiada no Jopef Dance Festival – Curitiba  e o solo de dança contemporânea aprovado para o 28º Festival de Dança de Joinville. Agende-se para prestigiar os espetáculos e torcer pelo GDU!

Quarta, 9 de junho
Trio Estilo Livre Avançado – Competição
Coreografia: Antonietas

Quinta, 10 de junho

Conjunto Contemporâneo Avançado – Mostra
Coreografia: O que se espera

Sexta, 11 de junho
Solo Contemporâneo Avançado – Competição
Coreografia: Re-Significações

Domingo, 13 de junho
Solo Feminino Contemporâneo Avançado – Mostra
Coreografia: Rapsódia

Jazz Avançado – Competição
Coreografia: Narciso acha feio o que não é espelho

As noites de espetáculo estão marcadas para às 19h30min e os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do Teatro Municipal de Itajaí (R$20 inteira/R$10 meia entrada). Mais informações: http://www.meryrosa.com.br

Written by Luise Tietjen

junho 9, 2010 at 12:19 PM

Trupe de dançarinos da Univali aprovada para o Festival de Dança de Joinville

leave a comment »

Solo de Dança Contemporânea | Re-Significações

O Grupo de Dança Univali (GDU) foi aprovado mais uma vez para integrar o seleto time de mais de 1500 bailarinos de todo país e América Latina, que passam pelos palcos do Festival de Dança de Joinville, o maior do gênero no mundo, registrado no Guiness Book. O evento acontece de 21 a 31 de julho na cidade catarinense, que já entrou no clima da salas de ensaio e pés com sapatilhas, divulgando o resultado da seletiva de aprovados para as competições e mostras paralelas no dia 1º de junho, segunda-feira.

Os acadêmicos-bailarinos tiveram cinco coreografias selecionadas pelo conselho artístico do festival, nas modalidades de dança contemporânea e jazz avançados. Entre elas, o solo de dança contemporânea do bailarino David Ruan Costa Nunes, acadêmico do curso de Educação Física da universidade, sobe ao palco principal do Centreventos Cau Hansen para representar a trupe na noite de competição. O trabalho chamado Re-Significações foi criado nas oficinas de experimentação em dança do GDU e pretende contar, em três minutos, uma história que se reconstrói de um passado recente, criando expectativas de presente e futuro para o público que a assiste.

As demais coreografias serão apresentadas na mostra de palcos alternativos, espalhados por pontos específicos da cidade, com programação gratuita ao público e em diversos horários do dia. São elas: solo (Resíduo), duo (Ego) e conjunto (O que se espera) avançados de dança contemporânea; e conjunto avançado de jazz (Narciso acha feio o que não é espelho). As informações de dias, horários e locais das apresentações serão divulgadas pelo evento somente no mês de julho.

A coordenadora do Grupo de Dança Univali, Luciana Gomes Alves, explica que este é o terceiro ano que o grupo participa do evento e que o foco do projeto, neste momento, é a troca de experiência técnica e de conhecimento com outros grupos que trabalhem as coreografias de maneira semelhante ao GDU. “Nosso objetivo não são as premiações em si, mas a oportunidade de exibir nossa maneira de criar e pensar a dança, como objeto de reflexão não só dos movimentos disciplinados do corpo, mas das temáticas que envolvem a criação coletiva das coreografias”, completa.

Além do Grupo de Dança Univali, outros grupos de Itajaí e região foram aprovados para participar do 28º Festival de Dança de Joinville. A lista completa de aprovados está disponível no site www.festivaldedanca.com.br.

Written by Luise Tietjen

junho 2, 2010 at 9:46 PM

Grupo de Dança Univali inicia temporada de apresentações em 2010

leave a comment »

Trupe de acadêmicos-bailarinos viaja para apresentar trabalhos de criação coletiva em novos palcos de festivais de dança brasileiros

O Grupo de Dança Univali (GDU) deixa as salas de ensaio da universidade e as sapatilhas desgastadas das oficinas de criação coletiva para subir ao palco de dois eventos especiais no calendário nacional da dança. A trupe foi aprovada para apresentar coreografias no 21º Festidança, em São José dos Campos –SP, e no Brasil Tap Jazz, em Curitiba – PR.

É a primeira vez que os acadêmicos-bailarinos participam destes festivais. A coordenadora do GDU, Luciana Gomes Alves, celebra a notícia, pois além do reconhecimento aos trabalhos do projeto de Extensão da Univali, “os eventos incentivam a organização, disciplina e estudo das temáticas corporais/musicais a serem apresentadas pelo grupo” com bastante antecedência e empenho.

O 21º Festidança é um dos maiores festivais do gênero no estado de São Paulo: reúne apresentações de mostra e competição em várias modalidades de dança, além de promover debates e palestras sobre o tema. O GDU foi contemplado com a aprovação de duas coreografias, mas somente uma delas vai ser apresentada: Clímax (Solo Contemporâneo Avançado) sobe ao palco do Teatro Municipal de São José dos Campos, interior de São Paulo, no dia 11 de junho, a partir das 20horas.

Assista o vídeo de Clímax clicando aqui

Já o Brasil Tap Jazz – Festival Internacional de Dança é o único do segmento voltado para as produções em jazz e sapateado. Os trabalhos do GDU selecionados para apresentações em 10 e 11 de julho, no Teatro Positivo de Curitiba, são: Narciso (Conjunto de Jazz Avançado) e Antonietas (Trio de Jazz Avançado).

O Grupo de Dança Univali está desde 2006 trabalhando a criação em dança de maneira diferenciada, visando a construção de conhecimento prático e teórico dos acadêmicos-bailarinos. Neste período, participou de mais de 40 eventos, entre mostra e competição, acumulando troféus e reconhecimento dos críticos e jurados em dança do país.

Written by Luise Tietjen

maio 22, 2010 at 11:12 AM