Posts Tagged ‘mostra

Grupo D-Efeitos faz show em Campo Grande

leave a comment »

Trio é bicampeão do maior festival de dança do mundo, além de ser considerado fenômeno de sucesso na TV e nas redes sociais.

Aqueles que praticam e admiram as danças urbanas terão mais um motivo para prestigiar o MS Street Dance Fest 2010, que acontece no Teatro de Arena do Horto Florestal no próximo final de semana, em Campo Grande (MS). O trio D-Efeitos sobe ao palco do evento no dia 13 de novembro, a partir das 20 horas,  para apresentar um pocket show que mistura dança, efeitos corporais e música de qualidade.

Inspirados no estilo Glitch Hop, músicas com “defeitos de programação” ritmados, os dançarinos tornaram-se referência nacional ao vencer a primeira temporada de um programa de talentos, numa disputa com mais de 50 mil inscritos.

Para celebrar dois anos de trabalho, em 2010 os simpáticos meninos de óculos vazados viajaram o país como convidados especiais de uma série de encontros do gênero e voltaram ao palco do Festival de Dança de Joinville – considerado pelo Guinness Book o maior evento do mundo – para conquistar o bicampeonato e ter Andre Bidu indicado para o prêmio de melhor coreógrafo da competição. 

As apresentações do D-Efeitos primam pela excelência técnica e visual, além de estimular as sensações dos espectadores, resultados de um processo de estudo e experimentação de Andre Bidu, Renan Livi e André Dedo. Os clipes do grupo são sucesso nos canais de compartilhamento de conteúdo e somam cada vez mais fãs nas redes sociais.

MS Street Dance Fest 2010

11 a 15 de novembro a partir das 20horas
Ingressos: 5 reais (arquibancada) | 10 reais (cadeira)
Teatro de Arena do Horto Florestal – Campo Grande (MS)
Batalhas de Dança | Workshops | Competição de Grupos e Shows Especiais
Mais informações www.msstreet10.blogspot.com

Anúncios

Written by Luise Tietjen

novembro 7, 2010 at 5:14 PM

Grupo de Dança Univali apresenta-se de hoje até domingo no Teatro Municipal de Itajaí

leave a comment »

GDU leva 5 coreografias para o Festival Mery Rosa

O Grupo de Dança Univali participa hoje (9) da abertura do 20º Festival de Dança Mery Rosa e segue com apresentações até domingo, nas modalidades de dança contemporânea e jazz avançado. Todos os anos a trupe participa do evento e mostra com entusiasmo para o público de Itajaí a prévia de trabalhos que estão circulando por festivais do país. Além de trabalhos inéditos, o GDU leva ao palco a coreografia de jazz recém-premiada no Jopef Dance Festival – Curitiba  e o solo de dança contemporânea aprovado para o 28º Festival de Dança de Joinville. Agende-se para prestigiar os espetáculos e torcer pelo GDU!

Quarta, 9 de junho
Trio Estilo Livre Avançado – Competição
Coreografia: Antonietas

Quinta, 10 de junho

Conjunto Contemporâneo Avançado – Mostra
Coreografia: O que se espera

Sexta, 11 de junho
Solo Contemporâneo Avançado – Competição
Coreografia: Re-Significações

Domingo, 13 de junho
Solo Feminino Contemporâneo Avançado – Mostra
Coreografia: Rapsódia

Jazz Avançado – Competição
Coreografia: Narciso acha feio o que não é espelho

As noites de espetáculo estão marcadas para às 19h30min e os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do Teatro Municipal de Itajaí (R$20 inteira/R$10 meia entrada). Mais informações: http://www.meryrosa.com.br

Written by Luise Tietjen

junho 9, 2010 at 12:19 PM

Trupe de dançarinos da Univali aprovada para o Festival de Dança de Joinville

leave a comment »

Solo de Dança Contemporânea | Re-Significações

O Grupo de Dança Univali (GDU) foi aprovado mais uma vez para integrar o seleto time de mais de 1500 bailarinos de todo país e América Latina, que passam pelos palcos do Festival de Dança de Joinville, o maior do gênero no mundo, registrado no Guiness Book. O evento acontece de 21 a 31 de julho na cidade catarinense, que já entrou no clima da salas de ensaio e pés com sapatilhas, divulgando o resultado da seletiva de aprovados para as competições e mostras paralelas no dia 1º de junho, segunda-feira.

Os acadêmicos-bailarinos tiveram cinco coreografias selecionadas pelo conselho artístico do festival, nas modalidades de dança contemporânea e jazz avançados. Entre elas, o solo de dança contemporânea do bailarino David Ruan Costa Nunes, acadêmico do curso de Educação Física da universidade, sobe ao palco principal do Centreventos Cau Hansen para representar a trupe na noite de competição. O trabalho chamado Re-Significações foi criado nas oficinas de experimentação em dança do GDU e pretende contar, em três minutos, uma história que se reconstrói de um passado recente, criando expectativas de presente e futuro para o público que a assiste.

As demais coreografias serão apresentadas na mostra de palcos alternativos, espalhados por pontos específicos da cidade, com programação gratuita ao público e em diversos horários do dia. São elas: solo (Resíduo), duo (Ego) e conjunto (O que se espera) avançados de dança contemporânea; e conjunto avançado de jazz (Narciso acha feio o que não é espelho). As informações de dias, horários e locais das apresentações serão divulgadas pelo evento somente no mês de julho.

A coordenadora do Grupo de Dança Univali, Luciana Gomes Alves, explica que este é o terceiro ano que o grupo participa do evento e que o foco do projeto, neste momento, é a troca de experiência técnica e de conhecimento com outros grupos que trabalhem as coreografias de maneira semelhante ao GDU. “Nosso objetivo não são as premiações em si, mas a oportunidade de exibir nossa maneira de criar e pensar a dança, como objeto de reflexão não só dos movimentos disciplinados do corpo, mas das temáticas que envolvem a criação coletiva das coreografias”, completa.

Além do Grupo de Dança Univali, outros grupos de Itajaí e região foram aprovados para participar do 28º Festival de Dança de Joinville. A lista completa de aprovados está disponível no site www.festivaldedanca.com.br.

Written by Luise Tietjen

junho 2, 2010 at 9:46 PM

Grupo de Dança Univali inicia temporada de apresentações em 2010

leave a comment »

Trupe de acadêmicos-bailarinos viaja para apresentar trabalhos de criação coletiva em novos palcos de festivais de dança brasileiros

O Grupo de Dança Univali (GDU) deixa as salas de ensaio da universidade e as sapatilhas desgastadas das oficinas de criação coletiva para subir ao palco de dois eventos especiais no calendário nacional da dança. A trupe foi aprovada para apresentar coreografias no 21º Festidança, em São José dos Campos –SP, e no Brasil Tap Jazz, em Curitiba – PR.

É a primeira vez que os acadêmicos-bailarinos participam destes festivais. A coordenadora do GDU, Luciana Gomes Alves, celebra a notícia, pois além do reconhecimento aos trabalhos do projeto de Extensão da Univali, “os eventos incentivam a organização, disciplina e estudo das temáticas corporais/musicais a serem apresentadas pelo grupo” com bastante antecedência e empenho.

O 21º Festidança é um dos maiores festivais do gênero no estado de São Paulo: reúne apresentações de mostra e competição em várias modalidades de dança, além de promover debates e palestras sobre o tema. O GDU foi contemplado com a aprovação de duas coreografias, mas somente uma delas vai ser apresentada: Clímax (Solo Contemporâneo Avançado) sobe ao palco do Teatro Municipal de São José dos Campos, interior de São Paulo, no dia 11 de junho, a partir das 20horas.

Assista o vídeo de Clímax clicando aqui

Já o Brasil Tap Jazz – Festival Internacional de Dança é o único do segmento voltado para as produções em jazz e sapateado. Os trabalhos do GDU selecionados para apresentações em 10 e 11 de julho, no Teatro Positivo de Curitiba, são: Narciso (Conjunto de Jazz Avançado) e Antonietas (Trio de Jazz Avançado).

O Grupo de Dança Univali está desde 2006 trabalhando a criação em dança de maneira diferenciada, visando a construção de conhecimento prático e teórico dos acadêmicos-bailarinos. Neste período, participou de mais de 40 eventos, entre mostra e competição, acumulando troféus e reconhecimento dos críticos e jurados em dança do país.

Written by Luise Tietjen

maio 22, 2010 at 11:12 AM

Nestor Jr. representa o Brasil em exposição espanhola

leave a comment »

O catarinense Nestor Jr. é  o único brasileiro selecionado para a Exposição Dona, organizada pela Espai Cromàtic Gallery (www.espaicromatic.com), situada na região da Cataluña, na Espanha. A mostra reunirá artistas de todo o mundo com visões particulares sobre as mulheres. A obra selecionada é Café e Aquarela, da nova série do artista.

A mostra permanecerá  na cidade de Tarragona, sede a galeria, de 12 de dezembro a 12 de janeiro de 2010, depois percorre outras cidades espanholas. Estão confirmados artistas da Austrália, Guatemala, Nova Zelândia, Inglaterra, Uruguai, Espanha e Japão.

Sobre Nestor Jr.

O catarinense Nestor Jr. é um dos artistas plásticos mais reconhecidos da região. Com traço e características marcantes, suas obras são constantemente vistas em publicações nacionais e internacionais. Mais trabalhos do artista em www.flickr.com/nestorjr.

Written by Luise Tietjen

novembro 24, 2009 at 10:08 AM